Notícias

Estufa dos Livros na Estufa Fria de Lisboa

Para comemorar o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (23 de abril), as BLX e a Estufa Fria de Lisboa uniram-se para criar a ESTUFA DOS LIVROS.

Das páginas das folhas para as páginas dos livros…

… é o convite da Estufa Fria de Lisboa, que a partir do dia 23 de Abril – Dia Mundial do Livro -, acrescenta à composição dos jardineiros, um “canteiro” de onde podem ser “colhidos” títulos, para ler entre espadas-de-são-jorge e brincos-de-princesa.
Numa gruta da estufa quente, uma estufa de livros espera por todos: espreita-se, escolhe-se e descobre-se o melhor recanto para folhear o livro.

DSC_0040  DSC_0070

Veja as fotografias no Facebook das Bibliotecas de Lisboa.

 

Cabeçudos e Orfeu Negro no Jardim da Estrela

No passado dia 13 de abril, pelas 16:00 horas deste soalheiro domingo , no Jardim da Estrela, teve lugar uma animada aula de pilates, Este momento divertido da programação “Ler em Todo Lado” foi da responsabilidade da Livraria Cabeçudos e da Orfeu Negro.

Primeiro, ouviu-se a história O MEU AVÔ, de Catarina Sobral. Depois, foi hora de netos, pais e avós aproveitarem o verde da relva, comme il faut, numa divertida aula de pilates, com expressões de alemão à mistura. O tempo voou!

Cabecudos_Orfeu5 Cabecudos_Orfeu1 Cabecudos_Orfeu2 Cabecudos_Orfeu3 Cabeçudos no Jardim da Estrela

LER EM TODO O LADO_Agenda Cultural de Lisboa

Ao fim de quatro anos consecutivos, a iniciativa que durante o mês de abril desafiava os hábitos de leitura dos lisboetas prepara-se, agora, para levar este conceito às restantes zonas do país. A fasquia está, agora, mais elevada e a organização vai desafiar não só lisboetas, mas todos os portugueses a saírem à rua com os seus livros e mostrarem que a leitura pode e deve estar por todo o lado.

Notícia Original.

CO-PRODUÇÃO BLX E APEL_Projeto LER EM TODO O LADO

Abril é o mês dos Livros e da Leitura. É o mês em que convidamos a LER EM TODO O LADO.
Numa co-produção CML- Bibliotecas Municipais de Lisboa (BLX) e a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), o projeto LER EM TODO O LADO convida a sair à rua, a ler nas livrarias, a experimentar as bibliotecas, aqui e além, em Lisboa e no país inteiro. Pelo 4.º ano consecutivo queremos pegar na leitura e levá-la para todo o lado, mas este ano queremos que não aconteça apenas nas ruas de Lisboa, mas sim de Norte a Sul do país.

Notícia Original.

LER EM TODO O LADO | ABRIL na UCP

abril é o mês dos Livros e da Leitura por excelência. É o mês de LER EM TODO LADO.

A Rede de Bibliotecas Municipais da Câmara Municipal de Lisboa e a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros estão a desenvolver um programa que pretende chamar a atenção para a importância do livro e da leitura e muito em particular conquistar públicos para visitarem as Bibliotecas de Lisboa e as Livrarias.

A Livraria UCP participa neste evento, promovendo o livro e a leitura.

Notícia Original

Biblioteca de Penafiel dinamiza projeto “Ler em todo lado”

Durante o mês de abril a Biblioteca Municipal de Penafiel, com o apoio da Câmara Municipal de Penafiel, vai proporcionar ateliês dedicados à leitura, pelo Concelho de Penafiel, através do programa “Ler em todo o lado”, projeto criado pela Câmara Municipal de Lisboa, Bibliotecas Municipais de Lisboa e Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, com o apoio da Direção Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e do Plano Nacional de Leitura (PNL).

Notícia Original

Palavras de abril no Chiado

No passado dia 12 de abril, as BLX organizaram mais um evento no Chiado. Desta vez, no Maria em Lisboa CAFÉ, onde tivemos uma Tertúlia sobre as Palavras de Abril, por Isabel Lindim, autora do livro Mulheres de Armas (editora Objetiva, 2012) e João Malheiro, autor do livro 25 de Abril – Liberdade (editora Quidnovi, 2013). Com a moderação: Rita Correia (Hemeroteca de Lisboa).

Junto à pastelaria Brasileira tínhamos o jogo À Descoberta do 25 de Abril, por Ideias com História.
O jogo em que partimos à descoberta do que foi o 25 de Abril e do que significou. 

Depois tivemos o Coro da ART para cantar várias canções de abril, que foi um sucesso! Várias pessoas acompanharam e reviveram as músicas da Revolução.

Também tivemos a presença da Associação José Afonso, que vendeu livros, CD e outros materiais de merchandising numa banca de rua (unto à antiga Livraria Sá da Costa).

DSC_0109_site  DSC_0149_site DSC_0255_site

Veja as fotografias no Facebook das Bibliotecas de Lisboa.